Este todo mundo conhece. Alegre, agitado e criativo, o Maluquinho não pára nunca. Sua mãe, Naná, e seu pai, Carlinhos, têm muito trabalho com ele, mas o adoram. Dona Naná está sempre pedindo a ele que arrume a bagunça do quarto, e seu Carlinhos já se acostumou a emprestar aquele paletó azul que o Maluquinho gosta de vestir. Mas ninguém sabe por que ele gosta tanto de usar uma panela na cabeça. Pode arriscar um palpite. O Junim acha que ela é mágica, mas nunca conseguiu provar.


 

É a namoradinha do Maluquinho, mas daquele jeito: às vezes separa, depois volta, separa de novo... Espertíssima e decidida, é a líder das brincadeiras, além de ser a maior fofoqueira da área. Pra ela, nada é impossível de fazer. Ela tem um gatinho azul chamado Romeu, muito manhoso, igual à dona.


 

É o melhor amigo do Maluquinho. Muito fiel, corajoso e simpático, o único problema dele é que ele só fala besteira, coitadinho. Entende tudo errado, confunde as coisas e é um sufoco pra ele aprender o que a professora tenta ensinar. Mas talvez seja isso que faz todo mundo gostar dele. Ele sempre vai ter um sorriso pra você.


 

É uma menina muito certinha. Ainda se veste como as meninas de antigamente, fala baixinho e é muito romântica. Mas não pensa só em príncipes, não. O romantismo dela é um tipo de idealismo. Ela quer melhorar o mundo. Por isso, tornou-se ecologista e vegetariana. Isso quer dizer que ela nunca come carne. Prefere a “alimentação natural”.


 

É o “cérebro” da turma. Como adora ler e vive com livros embaixo do braço, tem sempre uma informação preciosa para dar aos amigos. Também por isso é sempre o primeiro da classe, o “exemplo” que a professora mostra para a turma. O único problema é que, como ele é um intelectual, vive “encucado”.


 

É a garota mais bonita da turma, por isso, é cobiçada por todos os meninos. Também, ela passa o dia todo fazendo ginástica e se embelezando. Para falar a verdade, é uma autêntica “perua”. Deve ser por influência da mãe dela, que sonha em torná-la uma modelo-atriz-socialaite cheia da grana. O resultado é que a Shirley esquece um pouco de pensar.


 

Por ser o mais novinho e o mais baixinho da turma, além de usar óculos, fica chateado com as caçoadas dos colegas e tenta descontar de qualquer maneira. Acaba se tornando um “cri-cri”. Pessimista, desconfiado, mal-humorado, sempre fala alguma coisa chata só para contrariar. Mas todo mundo sabe que isso é apenas uma máscara dele. É um dos maiores amigos do Menino Maluquinho.


 

É um dos vizinhos do Menino Maluquinho. Sugiro é descendente de japoneses e, como a maioria deles, é muito obediente, quietinho e aplicado nos estudos. A sua maior paixão é o computador. Passa tanto tempo na Internet que a mãe dele precisa arrastá-lo para fora do quarto. O único que consegue fazer ele brincar na rua é o Maluquinho.


 

É o oposto do Menino Maluquinho. Machão, mal-humorado e tapado, fica irritado com a alegria do Maluquinho e está sempre querendo dar uns tabefes nele. Mas, como o nosso amigo é muito mais esperto, sempre engana o grandalhão. O Herman lidera uma outra turminha de meninos como se fosse um general. Isso é influência do pai e do avô dele, que são militares.


 

É a irmãzinha do Bocão. Apesar de ser a menor da turma, faz questão de participar de todas as aventuras. Se o Bocão não quer levá-la, ela ameaça contar tudo para a mamãe. O que é bom, pois ela é muito mais inteligente e madura que o irmão.


 

   
Copyright ©2002-2014 Ziraldo e Portal Educacional.
Todos os direitos reservados - Informações sobre licenciamento.